Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
Mundo

Mulher é abandonada na rua após apresentar sintomas de Coronavírus.

Um médico, que mora próximo de sua residência, soube do ocorrido e fez o atendimento inicial na própria rua.

Publicada em 18/04/20 às 10:10h

por Ferreira Júnior


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Reprodução internet)
Uma mulher de 35 anos foi deixada na rua depois de apresentar sintomas semelhantes ao do novo Coronavírus, de acordo com informações publicadas pelo jornal “El Deber”. O caso ocorreu no último sábado, na Bolívia, e gerou revolta na população local.

Segundo a publicação, a mulher que não teve a identidade revelada foi levada até a calçada em frente de sua casa para evitar um possível contágio. 

Ela aparece em imagens que viralizaram nas redes sociais sentada em uma cadeira de balanço, coberta com um lençol e usando máscara de proteção facial.

Um médico, que mora próximo de sua residência, soube do ocorrido e fez o atendimento inicial na própria rua. A ele, a moça que respirava com dificuldades afirmou que dias atrás estava com dores no corpo e que na sexta à noite sentiu um pouco de febre.

Somente depois disso, o médico e um representante dos Direitos Humanos entraram em contato com autoridades de saúde, que demoraram a chegar. Ela foi levada para um hospital e, horas depois, médicos descartaram a possibilidade de Coronavírus e a diagnosticaram com amigdalite. A mulher recebeu alta e voltou para casa caminhando.
 
Segundo a ativista, que conseguiu a ambulância para levá-la ao hospital, a mulher mora de aluguel com o marido em um prédio onde há outros inquilinos. Teriam sido eles que pressionaram o homem a levá-la para a calçada.

Em entrevista ao jornal “El Deber”, Juan Saavedra, responsável pela rede de saúde na região, não descartou uma ação criminal contra a família por deixá-la na rua.

“Uma ação criminal contra a família não é descartada por tê-la retirado dessa maneira e por não ter fornecido a ajuda necessária. O fato de ter recursos limitados não justifica a atitude de levá-la para a rua”, disse o chefe médico.

Com informações: Gazeta da Jurema




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9244-8697

Visitas: 7574521
Usuários Online: 957
Copyright (c) 2020 - Ferreira Júnior News