Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020
Ceará

Fluxo diário de passageiros do metrô de Fortaleza chega a 50% do volume registrado antes da pandemia

A circulação média nas estações do metrô já chega a 28 mil pessoas por dia, estima a gerência de estações da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor).

Publicada em 30/07/20 às 09:38h

por Hyngrydy Ferreira


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Kilvia Muniz/SVM)
O fluxo de passageiros que utilizam o metrô de Fortaleza já chega a 50% do volume total registrado antes da pandemia da Covid-19. A porcentagem corresponde a uma movimentação média de 28 mil pessoas por dia que utilizam as três linhas do metrô, cujas atividades foram retomadas parcialmente no último dia 1º de junho.

A tendência de alta no fluxo se deve principalmente ao processo de retomada da economia na capital cearense, avalia o gerente de estações da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), Plínio Araújo. Desde a última segunda-feira (27), Fortaleza avança na Fase 4 do Plano Responsável de Abertura das Atividades Econômicas e Comportamentais. Com isso, diferentes segmentos puderam voltar a atuar e outros estenderam seus horários. Ao todo, 95% das atividades econômicas estão com funcionamento liberado.

"A gente vem observando que, com o incremento das atividades econômicas e as liberações realizadas pelo Governo do Estado, esse número [de pessoas utilizando metrô] vem crescendo paulatinamente e hoje estamos com 50% da nossa demanda normal de passageiros", confirma o gerente de estações da Metrofor.

De acordo com ele, medidas sanitárias recomendadas pelos órgãos de saúde estão sendo adotadas diariamente para que os passageiros voltem a utilizar o metrô com segurança. As ações vão desde a limpeza regular dos filtros de ar-condicionado à abertura de 50% das janelas dos trens para que haja circulação de ar.


Como forma de garantir o distanciamento mínimo recomendado entre os passageiros, também foram feitas marcações com faixas e adesivos nas cadeiras e estações do metrô de Fortaleza.

"No intervalo entre meia-noite e cinco e meia da manhã, quando a gente volta a funcionar com os trens, estamos colocando quaternário de amônia, que é um produto sanitizante. Também fazemos durante as viagens limpeza com álcool líquido nas paradas", acrescenta Araújo.

Três linhas com horários diferenciados

Embora estejam funcionando normalmente, as três linhas do metrô de Fortaleza estão cumprindo horários diferenciados.

A Linha Sul, que interliga Fortaleza às cidades de Pacatuba e Maracanaú, está operando entre 5h35 e 20h56.

Já a Linha Oeste, que liga o Centro de Fortaleza ao município de Caucaia, cumpre dois horários. O primeiro, vai de 5h20 às 10h15; e o segundo, de 15h50 às 20h.

O VLT Parangaba-Mucuripe também tem dois horários, sendo o primeiro de 5h50 às 10h10, e o segundo de 16h10 às 20h10.

Mais de 168 mil casos de Covid-19 no Ceará

O Ceará registrou, até a manhã desta quarta-feira (29), 168.302 casos confirmados e 7.622 mortes pela Covid-19. O número de pessoas recuperadas chegou a 141.122. Os dados são da plataforma IntegraSUS, atualizada às 9h10 pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). A cidade de Caucaia ultrapassou os 5 mil diagnósticos positivos.

Há ainda 75.796 casos suspeitos e 598 mortes em investigação. Já foram realizados 447.224 testes para identificar o novo coronavírus. Dentre os óbitos confirmados, seis ocorreram nas últimas 24h.

Fortaleza concentra os maiores índices da Covid-19: 3.690 mortes e 41.881 casos confirmados. A capital, que está na segunda semana da fase 4 do plano de reabertura econômica, reduziu a média móvel de óbitos para quatro, em comparação com a semana de pico da transmissão.

Veja outras informações da plataforma:

  • A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 67,3%;
  • A taxa de ocupação das enfermarias cearenses é de 41,07%;
  • A letalidade da doença no Estado é de 4,5%.

Os números apresentados pela Sesa são atualizados permanentemente. As mortes não foram contabilizadas no dia em que ocorreram, nem os casos, no dia dos primeiros sintomas, e sim, conforme a liberação dos resultados de exames.

Veja como ficam as fases por região:

  • Municípios da Macrorregião de Fortaleza seguem para a 2ª semana da Fase 3;
  • Macrorregiões do Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe seguem para a 1ª semana da Fase 2;
  • Macrorregião Norte segue para a 2ª semana da Fase 1;
  • Macrorregião do Cariri permanece na Fase de Transição da Economia, por conta dos indicadores ainda em alerta

Veja o que pode reabrir na 4º fase do plano de transição em Fortaleza

  • Restaurantes e barracas nos períodos diurno e noturno (até 23h);
  • Academias (30% da capacidade)
  • Transporte interestadual de passageiros;
  • Locação de automóveis com motorista;
  • Comércio de produtos não essenciais;
  • Atividades religiosas (100% da capacidade).



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9244-8697

Visitas: 7601259
Usuários Online: 987
Copyright (c) 2020 - Ferreira Júnior News