Domingo, 20 de Outubro de 2019
Cariri

Saboeiro: Prefeito Gotardo descumpre Lei e servidores do Hospital Municipal Severino Miguel de Barros com salários atrasados.

Desmandos e falta de respeito com os servidores, é o retrato da administração de Saboeiro.

Publicada em 02/10/19 às 07:52h

por Ferreira Júnior


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Prefeito de Saboeiro Gotardo  (Foto: Reprodução internet)
Já se passaram dois meses (Agosto e Setembro) e os servidores lotados no Hospital do município de Saboeiro, continuam sem receber o pagamento referente ao mês de agosto de 2019, e entre eles estão os profissionais de enfermagem como: Enfermeiros, Técnicos em Enfermagem, Auxiliares de Serviço, Motoristas, Vigias, etc.…

Descumprindo a Lei

E ainda referente ao pagamento do mês de Agosto, o município efetuou pagamento más em data posterior ao quinto dia útil aos servidores lotados nas secretarias de agricultura, meio ambiente, cultura e folha geral, receberam pagamentos no dia 21 de setembro de 2019, e servidores lotados na secretaria de assistência social, receberam pagamentos no dia 24 de setembro de 2019.

Para o Presidente do Sindicato Iltemar Martins, a situação tem causado transtornos e causado grande impacto financeiro na vida destes servidores, pois muitos tem descumpridos seus compromissos financeiros, sem contar que isso tem causados enormes prejuízo ao comércio local. 

A realidade enfrentada por esses servidores é grave e tem sido difícil, a entidade representativa da classe convocou a categoria para se mobilizar, mas o medo de represália vinda da administração municipal impede que os profissionais reajam a todo esse desmando e descompromisso com os trabalhadores. Um servidor que preferiu não se identificar disse que: “Não é justo, já estamos no mês de outubro, praticamente dois meses sem dinheiro” disse.

Diante da situação, o município segue violando as previsões legais que regulamentam a data limite para pagamento do salário mensal, que é o quinto dia útil de cada mês, e o sindicato já tomou as medidas judicias cabíveis. 

O Sindicato também oficiou o município pedindo informações a cerca da situação, mas, segundo a entidade de classe “até a presente data não obtivemos resposta do ofício”.

Justiça

Os Servidores aguardam que a situação seja solucionada urgentemente, e que o representante (a) do ministério público daquela cidade tome providências urgente e que seja feito Justiça.

Nossa reportagem tentou falar com o prefeito Gotardo, mais as ligações não foram atendidas.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9244-8697

Visitas: 5674057
Usuários Online: 1040
Copyright (c) 2019 - Ferreira Júnior News